sábado, 18 de dezembro de 2010

MANUTENÇÃO EM CONTROLE-REMOTO

O controle-remoto é formado por duas partes: Transmissor e Receptor. O transmissor é usado para emitir luz infravermelha contendo os sinais de controle para o TV ou outro aparelho. O receptor fica no aparelho e ao receber o infravermelho, decodifica os sinais e os envia ao CI micro para controlar a função escolhida. Veja abaixo:


FERRAMENTAS USADAS PARA TRABALHAR

1 – Lupa ou lente de aumento
2 – Pinça
3 – Alicate de desencapar fios
4 – Alicate de bico
5 – Alicate de corte
6 – Chave de fenda pequena
7 – Chave phillips pequena
8 – Ponta fina
9 – Tesoura
10 – Sugador de solda
11 – Agulha
12 – Faquinha ou canivete

Além dessas também ferro de solda de 25 ou 30 W ponta bem fina, escova de dentes velha, pedaço de camiseta velha (malha), cola “super bonder” ou “pegamil”, tintas condutivas.

COMO ABRIR UM CONTROLE REMOTO

Tirar os parafusos (se tiver) com chave de fenda ou Phillips, fazer uma torção para abrir uma fenda no gabinete, de preferência na região do porta-pilhas. Após coloque uma lâmina de madeira na fenda produzida (pode ser parte de um pregador de roupas) e passe pela fenda até destravar o gabinete e abrir o controle. O motivo de ser usada a madeira é que ela não danifica a caixa. Veja a seqüência abaixo:



 Não é conveniente destravar a caixa do controle usando chave de fenda. Esta prática pode amassar a caixa.

PARTES DE UM CONTROLE REMOTO


1 – Tampa traseira;
2 – Tampa da frente;
3 – Placa de circuito impresso;
4 – Tampa das pilhas;
5 – Botão de avanço e retrocesso do VCR;
6 – Manta (ou tapete) de contatos de grafite.

MANTA DE CONTATOS

Este componente varia em formato e tamanho dependendo do modelo do Controle Remoto. É um tapete de borracha com as teclas para as funções. Embaixo das teclas há um contato de grafite. Abaixo vemos alguns tipos de manta usado nos Controle remotos:



Para saber se uma manta tem condutividade, use o mitter em X10. Coloque as duas pontas (vm e pr) no mesmo contato, o mais distantes possível. Se o ponteiro deflexionar, o contato está bom. Se não, o contato já está gasto.

TESTE DA MANTA DO CONTROLE REMOTO


COMO LIMPAR UM CONTROLE REMOTO

Limpar a placa usando álcool isopropílico com uma escova de dentes de cerdas macias. Após passe um tecido de malha (pedaço de camiseta velha) umedecido no álcool mencionado. O motivo da manta é que ela não solta pêlos na placa . Lavar a manta de contatos com detergente e água, usando a escova de dentes para tirar toda a oleosidade e sujeira. Secar com um pano, mas sem esfregá-lo na manta. Apenas coloque a manta sobre o pano e dobre-o até ela secar. Lavar a carcaça usando sabão ou detergente neutro, usando a escova para tirar os resíduos que ficam nas cavidades onde se encaixa a manta, tomando o cuidado de não quebrar as partes frágeis. Veja abaixo como se limpa a manta:




OBS : USAR SEMPRE DETERGENTE OU SABÃO NEUTRO.
As manchas de fitas adesivas saem com álcool isopropílico ou removedor sem cheiro. Molhe o pano e passe sobre a mancha.

O CRISTAL DO CONTROLE  REMOTO

É feito internamente por duas lâminas de quartzo. Através da frequência do cristal, o CI gera o sinal de controle para o aparelho. O cristal pode ter 2 ou 3 terminais. Veja os cristais de dois terminais:

Relação dos cristais mais usados em CR:
Com 2 terminais: 455 KHz (o mais usado), 393 KHz, 400 KHz, 420 KHz, 425 KHz, 429 KHz, 432 KHz, 440 KHz, 480 KHz, 485 KHz.
Com 3 terminais: 455 KHz, 2 MHz, 3,14 MHz, 3,45 MHz,3,52 MHz, 3,64 MHz, 4 MHz, 8 MHz.Veja abaixo os cristais de 3 terminais:


A diferença das freqüências será notada através do som que o controle emite bem perto de um rádio AM próximo da faixa dos 1000 KHz ou num receptor preparado para testar.
Obs: Pode-se trocar um cristal de 3 terminais por um de 2 na falta do modelo original. A diferença está que o cristal de 3 terminais possui 2 capacitores internos (geralmente de 100 pF). No cristal de 2 terminais, estes capacitores são montados fora dele. Portanto, para trocar o de 3 pelo de dois deve se colocar os capacitores de 100 pF entre cada terminal extremo e o terra.

TESTE DO CRISTAL DO CONTROLE REMOTO

Se o cristal apresentar defeito o Controle não funcionará. O defeito mais comum do cristal é a quebra de seus terminais interna ou externamente, causado geralmente por pancada (o usuário costuma deixar cair o controle no chão). A melhor solução para testá-lo é fazer a troca por um novo com a mesma frequência. Se não for possível a troca na hora, monte um testador de cristal como visto abaixo:
Pegue uma placa de CR boa, tire o cristal original e ligue duas garras jacaré nas trilhas correspondentes. Coloque as garras no cristal suspeito, alimente a placa e com um pedaço de manta aperte os contatos. Se a placa de CR emitir som , o cristal está bom.
Também como opção pode se colocar um LED comum no lugar do infrared para ver se o mesmo dá as piscadas quando apertamos os contatos com o pedaço de manta. para ver como devem ser pressionados os contatos da placa usando pedaço de manta.

APERTAR OS CONTATOS COM UM PEDAÇO DE MANTA


LED INFRARED

Funciona da mesma forma que o LED comum, porém emite uma luz infravermelha (invisível). Atenção para a posição dos terminais e a colocação destes componentes na placa. Abaixo vemos o aspecto físico de alguns tipos de LED infrared:
A cor da cápsula não quer dizer nada na hora da substituição deste componente.


TESTE DO LED INFRARED

Podemos usar a escala de X1 do multitester e verificar se no teste do componente nos dois sentidos o ponteiro só deflexiona num sentido. Se deflexionar nos dois sentidos ou em nenhum ele está queimado. Também podemos trocá-lo por um LED comum ou então montar um testador de infrared com uma placa boa de Controle Remoto. Veja abaixo:






A PLACA DE CIRCUITO IMPRESSO DO CONTROLE REMOTO

Alguns CRs usam componentes (diodos, transístores, CI , resistores e capacitores) comuns. Porém os mais modernos usam os minúsculos componentes SMD. Há também os controles que têm um fotodiodo junto com os LEDs. Estes tipos são chamados de copiadores porque podem copiar o código de outros controles. A placa possui trilhas normais de cobre, trilhas feitas de grafite e os contatos feitos de grafite. Veja abaixo alguns exemplos:







ROTEIRO PARA CONSERTO E RECUPERAÇÃO 

Em primeiro lugar teste as pilhas e verifique o estado do porta-pilhas. Às vezes o usuário deixa as pilhas no CR por vários anos e as mesmas acabam vazando e corroendo completamente as lâminas do porta-pilhas.
Se ocorreu o vazamento das pilhas abra o controle e verifique se não houve a oxidação dos contatos metálicos internos e das trilhas. Se não ocorreu a oxidação das trilhas, apenas dos contatos metálicos ainda dá para recuperar o CR. Se as trilhas oxidaram não mais o que fazer. Se não ocorreu o vazamento das pilhas e estas estão boas, abra o controle conforme já explicado, teste os contatos da manta em primeiro lugar. Abaixo temos uma relação de defeitos que ocorrem na manta e a maneira de eliminá-los:
a.  Mais comuns oleosidade e sujeira, isolando a manta:
Correção – Lavar a manta e limpar a placa;
b.Sem condutividade nos contatos de grafite:
Correção – Trocar a manta se tiver outra ou usar tinta condutiva (grafite ou prata); Clique aqui para ver as tintas usadas para recuperar a manta.
OBS – Antes de usar tinta condutiva, a manta deverá estar limpa e seca. Passar um pano (malha) molhado com álcool isoprolílico nos contatos para uma melhor aderência da tinta. Também podemos recuperar uma tecla sem condutividade cortando a rodinha de grafite de uma outra manta e colando sob a tecla danificada. Para isto usamos uma cola tipo Super bonder ou Pegamil (apenas uma minúscula gotinha) e a manta a ser recuperada deve estar limpa e com o contato a ser recuperado lixado com lixa de unha.
Se a manta está normal, antes de mais nada troque ou teste o cristal. Se o cristal está bom, abaixo relacionamos os defeitos mais comuns que podem ocorrer na placa de circuito impresso:
a.      Mais comuns LED infrared queimado ou cristal quebrado:
Correção – Trocar peças defeituosas;
b.      Solda fria no pé do LED:
Correção – Ressoldar;
c.       Solda fria nos terminais do CI da placa, principalmente se for do tipo SMD:
Correção – Ressoldar os terminais do CI. Clique aqui para ver um CI SMD ressoldado;
d.      Trilhas interrompidas devido a cortes, trincos e corrosão:
Correção – Reconstituir com solda, usar fio bem fino para emenda ou tinta prata condutiva;
Clique aqui para ver algumas placas com trilhas recuperadas com tinta prata. Também vemos a manta recuperada com tinta condutiva;
e.      Curtos nas soldas:
Correção – Eliminar com sugador e refazer a solda;
f.      Pontes interrompidas:
Correção – Refazer com tinta condutiva prata;
g.       Curto nos contatos:
Correção – Limpar com álcool isopropílico;
h.      Sem condutividade ou condutividade muito fraca nas ligações:
Correção – Refazer pontos fracos com tinta condutiva prata. (tinta grafite não serve);



OXIDAÇÃO DO PORTA PILHAS





OXIDAÇÃO DA PLACA 



TINTAS PARA RECUPERAR



RECUPERAÇÃO DE TRILHAS E CONTATOS DA MANTA COM TINTA CONDUTIVA












11 comentários:

  1. Meus parabéns, esse tutorial salvou meu controle remoto... pensei que teria que gastar dinheiro e paciencia tentando encontrar um controle universal compativel e consegui em menos de 15 minutos consertar meu controle utilizando um outro controle desutilizado.
    Parabéns e muito obrigado.

    ResponderExcluir
  2. Que bom jorge, fico feliz, precisando e só falar.

    abraços tony

    ResponderExcluir
  3. Parabéns Antonio pelo tutorial. Muito didático mesmo. Vc ensina até o "pulo do gato".

    Estou com um controle remoto aqui que não consigo consertar. Além daqueles todos os compontentes que vc tão bem descreve ele tem uma tela transparente sobre a placa lógica, muito bem aderida ou colada. Acho que tenho que tirá-la, mas a falta de experiência está me inibindo (medo de danificar os circuitos.
    O que devo fazer? Pode recomendar alguém na cidade do Rio de Janeiro para consertar?

    Abraços,
    Antonio Marcilio

    ResponderExcluir
  4. Eu diria para vc tentar..... um controle remoto geralmente e barato e não tem do que ter medo de tentar..... Vc pensa, já ta perdido, agora é concertar...

    No rio desconheço algum lugar.....eu sou de são paulo


    abraço tony

    ResponderExcluir
  5. Esse controle é difícil de encontrar (é para um aparelho misto de media center e computador), muitas funções só estão no controle.
    Vc já viu essa película colada na placa lógica?
    Ao retirá-la tenho medo de perder as teclas que ainda funcionam.
    Obrigado pela atenção.

    ResponderExcluir
  6. NUNCA VI...... BOM.... SE ELE FOR UM CONTROLE DIFICIL DE SE ENCONTRAR, ACONSELHO A VC TENTAR ABRIR E MEXER NELE DEPOIS DE LEVAR EM UNS 2 OU 3 TÉCNICOS E VER O QUE FALAM.....

    E COMO FALEI....SÓ VIA SABER SE TENTAR, PROCURE VER SE DEPOIS TEM ALGO QUE VC POSSA SUBSTITUIR ELA.

    DEPOIS ME MANDA UMA FOTO EU OLHO E PROCURO VER O KE POSSO DIZER....

    ABRAÇOS TONY

    ResponderExcluir
  7. Foi o que pensei, enviar umas fotos. Mas como? não achei seu e-mail. Posso anexar aqui? Acho que não. Meu e-mail amarcix@gmail.com.

    Obrigado mais uma vez.

    ResponderExcluir
  8. O meu controle remoto do sistema de som que uso no pc parou de funcionar fiz o teste com a camera do celular e o Led Infravermelho fica o tempo todo aceso,ele não pisca quando aperto, será que está em curto? qual seria a peça que deu problema nestes casos?.

    ResponderExcluir
  9. Meu controle Ap.som Mitsubishi entrou em curto(fica piscando e gasta as pilhas. Qual seria o problema e se tem conserto?
    É um Ap.desom antigo e o controle fica acoplado na frente do aparelho. Grato.

    ResponderExcluir
  10. tenho coontrole remoto de um receptor ele so ta funcionando de perto porem nao e o receptor pois testei outro controle e mormal fiz limpez troquei pilhas e nada algum pode me ajuda

    ResponderExcluir